PETROBRÁS CONCLUIU A VENDA DA TAG PARA A ENGIE POR R$ 33,5 BILHÕES

Uma semana depois do aval do Supremo Tribunal Federal (STF), a Petrobrás concluiu no início desta noite de quinta-feira (13) a venda de 90% da Transportadora Associada de Gás (TAG) para o grupo formado por Engie e o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ). O fechamento do negócio ocorreu após o pagamento de R$ 33,5 bilhões para a estatal. Desse valor, aproximadamente R$ 2 bilhões serão destinados à liquidação da dívida da TAG com o BNDES.

Como já é sabido, a Petrobrás continuará a utilizar os serviços de transporte de gás natural da TAG, por meio dos contratos já vigentes entre as duas companhias. Enquanto isso, a francesa Engie comemora a conclusão da transação, após uma intensa batalha na Justiça, que chegou a impedir o fechamento do negócio. A venda da TAG foi autorizada só na última quinta-feira, após o STF permitir a venda de subsidiárias sem licitação e sem a necessidade do aval do Congresso.

Além de ser um marco na história de 23 anos da Engie no Brasil, a aquisição possibilita um rápido crescimento no país com novas fontes de receitas em uma nova linha de negócios, garantindo a sustentabilidade do grupo no longo prazo“, ressaltou o CEO da ENGIE Brasil, Maurício Bähr. A  ENGIE que ficará com 58,5% de participação na TAG e o fundo de pensão canadense CDPQ com 31,5%. A companhia será comandada pelo engenheiro Gustavo Labanca, que assume o cargo de diretor-presidente da companhia.

Já o novo conselho de administração da TAG será presidido por Maurício Bähr, e terá também os executivos da ENGIE Eduardo Sattamini, Raphael Barreau e Martin Lestang; os executivos da CDPQ Louis Jean Chartier e Eduardo Edmond Farhat; e ainda o executivo da Petrobrás Mauro Roberto da Costa Mendes.

Fonte: Petronotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *