Wintershall só cogita perfurar em 2021

A alemã Wintershall só tem perspectivas de perfurar poços no Brasil a partir de 2021, disse o country manager da empresa, Gerhard Haase, à BE Petróleo. A empresa adquiriu na 15ª rodada as licenças de exploração de sete áreas, das quais quatro como operadora.

No momento, a empresa se prepara para ir a mercado contratar levantamento sísmico para os quatro blocos dos quais é operadora – POT-M-857, 863 e 865, na Bacia Potiguar, e o CE-M-601, na Bacia do Ceará. A escolha da empresa deve ocorrer em 2019, quanto também devem ser realizadas as primeiras aquisições. Após o processamento dos dados, a empresa vai tomar a decisão pela perfuração de um ou mais poços.

A Wintershall é subsdiária da empresa do ramo químico Basf.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *