ÁREA DE SUDOESTE DE TARTARUGA VERDE TERÁ 80% DE CONTEÚDO LOCAL PARA CASCO DE PLATAFORMA

fpso iluminado

Um dos grandes acontecimentos do mercado de óleo e gás no segundo semestre, o 5º leilão de partilha do pré-sal ganhou um edital nesta quinta-feira (28). O documento foi publicado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) e ficará em consulta pública até o dia 11 de julho e trouxe o que parece ser uma boa notícia para a indústria naval. Uma das novidades é que a área de Sudoeste de Tartaruga Verde terá um conteúdo local diferenciado em relação as demais área licitadas. No caso do navio-plataforma que irá explorar a área, o casco da embarcação terá 80% de conteúdo nacional mínimo exigido.

Nas demais áreas em oferta, Saturno, Titã e Pau-Brasil, o conteúdo local total para as plataformas é de 25%, assim como tem sido nos últimos leilões da ANP. Cabe lembrar que Sudoeste de Tartaruga Verde foi a única região que despertou interesse da Petrobrás em manifestar sua preferência em ser operadora.

A audiência pública para debater os editais ocorrerá no dia 13 de julho, em local e horário a serem definidos. O pré-edital e as minutas de contrato podem ser acessadas na página da ANP. Confira abaixo uma parte das tabelas do conteúdo local para a plataforma de Sudoeste de Tartaruga Verde. Elas constam dentro da minuta de contrato que prevê a participação da Petrobrás como operadora. O modelo de contrato sem a presença da estatal como operadora também está disponível no site da ANP e prevê os mesmos percentuais de conteúdo local para o FPSO.

tabela ok 1

tabela ok 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *