COMEÇA A PRODUÇÃO NO CAMPO DE ATLANTA, NA BACIA DE SANTOS

Depois de uma longa espera, a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP) iniciou a produção no campo de Atlanta, na Bacia de Santos. O poço 7-ATL-2HP-RJS ainda está em fase de estabilização e o campo deverá atingir uma produção diária de 20.000 barris de óleo até o final do segundo trimestre através de dois poços.

É com grande prazer que anunciamos o início da produção em Atlanta, um campo em que temos superado desafios técnicos de forma bem-sucedida. Esse é o segundo ativo em produção da QGEP e contribuirá para o nosso fluxo de caixa operacional daqui para frente. Este projeto tem um significado muito especial para todos nós, somos a primeira empresa brasileira independente operando em águas ultraprofundas, comprovando assim a nossa capacitação técnica e operacional“, comentou o CEO da QGEP, Lincoln Guardado.

A produção será feita pelo FPSO Petrojarl I, e será vendida para a Shell, que contratou a compra de todo o óleo do Sistema de Produção Antecipada (SPA) do campo. O navio-plataforma deveria começar a produzir petróleo em meados de 2016. No entanto, atrasos com obras de atualização no estaleiro Damen, na Holanda, forçaram a operadora a prolongar a primeira data do petróleo.

Ainda neste ano, o consórcio que explora Atlanta decidirá sobre a perfuração de um terceiro poço como parte do SPA, o que poderá acrescentar 10.000 barris por dia (kbpd) à produção. A QGEP opera o bloco BS-4, onde está Atlanta, com 30% de participação. O campo está situado a 185 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, em lâmina d’água de aproximadamente 1.500 metros.

Fonte: Petronoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *